motogalos@motogalos.pt

Pilotos da Moto Galos no Circuito do Estoril

O Circuito do Estoril foi o primeiro traçado europeu a receber uma competição de desporto motorizado após o confinamento a que obrigou a pandemia da Covid19.

Ainda longe da normalidade, o arranque do Campeonato Nacional de Velocidade 2020 decorreu no fim de semana, sem público nas bancadas e no ‘paddock’ e com várias medidas de segurança e restrições, em harmonia com as regras de distanciamento e proteção emanadas pela Direção-Geral da Saúde.


Uma incomum serenidade só contrariada pelas disputadas corridas, com 84 pilotos em ação, entre os quais três com o emblema da Moto Galos, na Copa Dunlop Motoval: João Cruz e Carlos Pinheiro e ainda Rui Palma, em representação da parceria Team Moto Galos/Clube Motorizado do Troço. Nelson Cruz não participou por ainda estar a recuperar de uma lesão sofrida nos treinos de dezembro.

 

Na primeira jornada pós-Covid19, na classe 1 (motos -850cc), João Cruz – ao comandos da sua Kawasaki 636 – foi 8º classificado na primeira ronda e 7º na seguinte. Carlos Pinheiro (Kawasaki 636) seguiu logo atrás, ficou em 9º na corrida inicial e em 8º na segunda. Venceu a prova, nesta categoria, Henrique Gouveia (Yamaha R6).

 

Já na classe 2 (motos +850cc), Rui Palma estreou-se numa Ducati Panigale V4. Ainda a habituar-se à moto conseguiu a 3º posição no sábado, menos sorte teve no domingo ao ser atingido por um piloto em queda, acabou por cair também e não terminou o desafio. Christophe Lajouanie (BMW S1000RR) ocupa a liderança.

 

O Campeonato Nacional de Velocidade 2020 prossegue de 19 a 21 de junho, no Autódromo Internacional de Portimão, no Algarve.

Publicado em 2020-06-09

Notícias relacionadas

Pilotos a evoluir no Nacional de Velocidade

Depois do arranque há duas semanas no Circuito do Estoril, o Nacional de Velocidade 2020 prosseguiu no Autódromo Internacional de Portimão, no Algarve, com 78 pilotos em ação – menos seis que na prova inaugural.

desenvolvido por aznegocios.pt