motogalos@motogalos.pt

CNV 2020: jornada atribulada mas promissora no Estoril

O Campeonato Nacional de Velocidade 2020 regressou ao tapete negro do Estoril, na terceira etapa do ano. Fim de semana quente e atribulado, mas com resultados promissores.

Nesta jornada militaram na Copa Dunlop Motoval com o emblema da Associação Clube Moto Galos de Barcelos os irmãos Nelson e João Cruz, Carlos Pinheiro e ainda Rui Palma, da parceria Team Moto Galos/Clube Motorizado do Troço. 


Ainda com as bancadas fechadas ao público, para cumprimento das restrições sanitárias em vigor, para a equipa barcelense a ronda 3/6 fica especialmente marcada pelos contratempos diversos enfrentados por Nelson Cruz – testemunho também de resiliência e superação das adversidades. 


Estas começaram logo nos treinos livres de sábado, com uma aparatosa queda à terceira volta na parabólica, deixando a Yamaha R1 em mau estado. A recuperação da máquina foi feita em contra-relógio, depois já na grelha de partida e após novas verificações técnicas, um mal-entendido entre a organização e a direção de prova impediu o piloto barcelense de participar na corrida. 


No domingo, na segunda prova do fim de semana, Nelson Cruz partiu em último, fez um bom arranque e uma boa recuperação, ainda aguentou problemas mecânicos até cortar a linha da meta (em 14º lugar), porém novo desaire ao ser abalroado por um adversário junto à curva 1. Jornada adversa para Nelson Cruz, felizmente sem qualquer dano físico. Diz-se “incrédulo” mas “de cabeça levantada e convicto dos lugares capaz de rolar e as lutas a travar com os diretos opositores”. “Melhores momentos virão”, salientou.


A competir também na classe 2 (motos +850cc), Rui Palma (Ducati) vai recuperando a confiança, sendo 6º em ambas as corridas. A normalidade pairou em moto 1 (motos -850cc), com João Cruz (Kawasaki 636) a terminar em 7º e 8º; e Carlos Pinheiro (Kawasaki 636) em 9º. 


Com metade da época já cumprida, na classificação acumulada, em moto 1, João Cruz soma 53 pontos e está na 7ª posição; Carlos Pinheiro é 9º e tem um total de 46 pontos. Na classe 2, Rui Palma está em 6º lugar, com 56 pontos, e Nelson Cruz em 11º, com 23 pontos. Na liderança das categorias alinham Ricardo Silva (Yamaha R6) e Christophe Lajouanie (BMW S1000RR), respetivamente.


A competição prossegue a 15 e 16 de agosto, no Autódromo Internacional do Algarve. A quarta ronda será a segunda e última visita da caravana 2020 à afamada “montanha russa”. 

Publicado em 2020-07-21

Notícias relacionadas

Prontos para o arranque a 1 e 2 de maio

O traçado negro do Estoril acolheu, no domingo, os primeiros treinos oficiais da Copa Dunlop/Motoval do Campeonato Nacional de Velocidade 2021, que arranca a 1 e 2 de maio.

Treinos na “montanha russa” de Portimão deixam boas perspetivas para 2021

Os irmãos Nelson e João Cruz voltaram às emoções do asfalto, no fim de semana, no desafiante Autódromo Internacional do Algarve. Pilotos optimistas, níveis estão cada vez mais exigentes e competitivos.

Nelson Cruz fecha temporada com 3º no Estoril

Terminou com chave de ouro o Campeonato Nacional de Velocidade 2020 para Nelson Cruz, que conquistou o 3º lugar na derradeira corrida, disputada no palco maior do Estoril, no passado fim de semana.

Pilotos bem posicionados para a última ronda do CNV

João Cruz, Carlos Pinheiro, Nelson Cruz e Rui Palma mantêm-se entre os dez melhores na Copa Dunlop Motoval, quando falta apenas disputar uma jornada do Campeonato Nacional de Velocidade 2020.

Pilotos no Top 10 após a segunda visita do CNV a Portimão

O Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, acolheu a 4ª jornada do Campeonato Nacional de Velocidade 2020, a 15 e 16 de agosto.

Pilotos a evoluir no Nacional de Velocidade

Depois do arranque há duas semanas no Circuito do Estoril, o Nacional de Velocidade 2020 prosseguiu no Autódromo Internacional de Portimão, no Algarve, com 78 pilotos em ação – menos seis que na prova inaugural.

desenvolvido por aznegocios.pt