motogalos@motogalos.pt

Lá de Riba, mototuristas encantaram-se com Monção

"Lá de Riba" - que é como quem diz Monção - recebeu a 11 e 12 de setembro o 19º Moto-Rali Turístico da Moto Galos, integrado no 24º Troféu Nacional de Moto-Ralis Turísticos FMP/BMW/Dunlop.

A sempre admirável região do Alto Minho recebeu de novo a visita dos mototuristas que nos passados dias 11 e 12 de Setembro, participaram na 4ª jornada do 24º Troféu Nacional de Moto-ralis Turísticos BMW/Dunlop da FMP-2021. 


Os cerca de 90 participantes em 62 motos, saborearam a variada e rica cultura e história de Monção entre belas aldeias e paisagens, acompanhadas do bom Alvarinho. Excelente e memorável fim-de-semana mototurístico, onde uma vez mais a boa disposição em ambiente familiar, faz sentir saudades e vontade em participar nesta interessante actividade do mototurismo nacional!

Todos quantos participam nos moto-ralis turísticos ficam impressionados com o que se vai encontrando e descobrindo ao longo do país. Lugares como a Branda de Santo António de Val de Poldros ou o imponente Palácio da Brejoeira, encantam pela sua diferente riqueza cultural e histórica, acabando por nos transportar para outros tempos. 


O trabalho incansável dos clubes organizadores para mostrar as regiões visitadas, no que de mais genuíno têm para oferecer, é recompensado com a dinâmica e interessada participação dos motociclistas que esperam ansiosamente pelas várias etapas do troféu. Sem dúvida óptimas oportunidades para conhecer da melhor forma o nosso país!  

 

Partindo do bonito Parque das Caldas, bem junto ao rio Minho, da aprazível e histórica vila de Monção, terra do bravo Deuladeu Martins, a caravana seguiu neste primeiro sector até Riba de Mouro.

Passagem soberba sobre o Rio Mouro, pela ponte medieval que separa Barbeita de Ceivães, por pitoresco trajecto, fazia antever a bela passeata de moto que esperava os mototuristas, sob bom tempo e amenas temperaturas, ideais para de forma calma e relaxante, apreciar o que a malta dos Moto Galos tinha preparado. Obrigado!


Subiu-se lá bem acima para apreciar belas paisagens e seguir até ao belo espaço envolvente à Ponte da Veiga sobre o Rio Mouro, onde houve que puxar das habilidades de outros tempos para fazer o barco de papel navegar em pleno rio. As cristalinas águas convidavam a ir a banhos e a destemida Susana mal teve tempo de tirar o capacete. Ainda se tentou uma pega de caras às vaquinhas que por ali pastavam mas nem se mexeram, apenas o dono e lá continuaram ruminando. Salvou-se a boa disposição!

 

Aproximava-se a hora de almoço, não sem antes apreciar com tempo o ponto alto desta manhã de sábado, conhecer a Branda de Santo António de Val de Poldros. Local de extrema beleza com todo o seu ambiente natural envolvente e com as suas cardenhas, abrigos de complexa construção destinados à transumância dos animais. Por estas terras de Riba de Mouro, perdura no tempo um modo próprio linguístico, herança do Galaico-Português. Fantástica visita a que se seguiu saboroso almoço num restaurante local, a fechar da melhor forma este sector e a convidar a voltar, para apreciar uma vez mais este magnífico espaço da nossa mais genuína ruralidade!

 

Bêns de por’i pra baixo / A cabalo duha mota / E tchigaste aqui a Riba/ Xin t’aqueloutrares na rota

 

Era tempo de voltar à estrada, agora numa toada mais rolante para dar início ao segundo sector. Após pequena volta de despedida da branda, a caravana continuou pelas belas aldeias de Riba de Mouro e magníficas paisagens com paragem para mais um jogo e perguntas, sempre a espicaçar a atenção dos participantes, de modo a penalizar o menos possível. Não foi nada fácil acertar no buraco da mó, do moinho onde outrora muita e boa farinha por lá foi feita!


Em Merufe paragem para conhecer o mosteiro local de estilo românico, abrigo de quem se dirigia a Santiago de Compostela. Novo mosteiro agora em Longos Vales, do tempo de D. Afonso Henriques, foi um dos vários espaços religiosos visitados que foram dando a conhecer aos mototuristas, a história rica de episódios que foram marcando a nossa nacionalidade.


Já na recta final, paragem junto ao Santuário Senhor do Bonfim em Anhões, para degustar os famosos rojões dos Moto Galos, de volta do fresco vinho verde, em amena cavaqueira e convívio, a fazer o que de melhor sabem os motociclistas. Quem participa nos moto-ralis turísticos sabe que encontra sempre excelente ambiente de confraternização e amizade, mesmo que tenha de fazer o país de lés-a-lés, como a malta de Albufeira!

 

De volta a Monção pela curvilínea estrada N101, foi-se apreciando a chegada da apanha da uva às adegas cooperativas. Mal se pode esperar pelo bom néctar desta sub-região demarcada do Alvarinho!

O pedipaper pelo centro histórico da simpática vila de Monção, encerrou as actividades deste primeiro dia dedicado a conhecer melhor uma das mais bonitas regiões do Alto Minho.

 

Estava assim terminada a primeira etapa. Após o jantar, conheceram-se os mais regulares que quase se iriam manter todos no pódio final. O bonito centro histórico de Monção, com a sua imponente muralha, convidavam à visita nocturna que se prolongou com grande animação pelos bares. Esteve-se muito bem!

 

Apreciando o rio Minho, junto à praça Deu Lá Deu, deu-se início ao segundo dia, com passagem pelo centro histórico e muralha, agora com o esplendor do dia.

Paragem para o primeiro jogo na imponente Torre de Lapela manda construir por D. Afonso Henriques lá pelo ano de 1130.


Por pitoresco trajecto entre vinhas chegou-se a Pias, terra do famoso Cordeiro à Moda de Monção, mais conhecido por outro curioso nome! Que bem soube ao almoço! Magnífica paragem em Pinheiros para conhecer o belo parque de lazer, junto ao rio Gadanha, com a sua praia fluvial, moinhos e ponte romana. Não faltam neste país locais paradisíacos!


O Motoclube “Os Feras” de Monção, receberam a caravana na sua sede, antes da última e emblemática visita do moto-rali, ao Palácio da Brejoeira. Esta grandiosa construção de estilo neoclássico, com o seu belo bosque, jardins e vinhas onde apenas existe a casta Alvarinho, recebeu a visita dos mototuristas que no final provaram um dos excelentes e mais premiados vinhos verdes portugueses. Foi assim com chave d’Ouro que a malta dos Moto Galos brindou a caravana e se encerrou o moto-rali.

 

Após substancial e bem servido almoço, conheceram-se os mais regulares e vencedores da 4ª jornada do troféu, a que se seguiu a sempre difícil despedida de mais um grande fim-de-semana mototurístico.

 

Os muito atentos Paulo Pinho e a Rute Lucena do Moto Clube do Porto arrebataram o primeiro lugar, a que se seguiram o João Aleixo e a Alexandra Ribeiro do Moto Clube de Albufeira. O Carlos Barbosa e a Ana Paula dos Moto Galos de Barcelos fecharam o “pódio”.

 

A unida e bem-disposta equipa dos Moto Galos está de parabéns pela organização do seu moto-rali e por todo o empenho em nos proporcionar esta excelente jornada mototurística. Resta-nos esperar com expectativa pelo próximo ano!

 

A 5ª jornada do troféu segue para a região centro, pela “Bairrada-Terras de Bem Viver e a Água”, organizada pelo Moto Clube de Coimbra, nos próximos dias 09 e 10 de Outubro. Não percam mais uma oportunidade, para viver o que de melhor se faz no mototurismo nacional!


Texto de António Costa

Comissão de Mototurismo da FMP


Álbum de fotos FMP: https://photos.app.goo.gl/kHJ5mHz1zAya944P9


Mais fotos aqui

Publicado em 2021-09-27

Notícias relacionadas

Passeio pós-confinamento por Terras de Basto

A família Moto Galos voltou à estrada, no sábado, numa proposta diferenciadora por Terras de Basto, que envolveu duas animadas caravanas – uma de bicicleta e outra de moto.

André Sousa espera no Brasil condições para retomar a volta ao mundo

Falamos com André Sousa ("Ride That Monkey"), no Brasil desde janeiro, a aguardar que as fronteiras do Irão reabram para dar continuidade ao projeto da volta ao mundo numa mini-moto Honda Monkey 125cc.

22º Portugal de Lés-a-Lés atípico mas especial

O 22º Portugal de Lés-a-Lés, a grande aventura mototurística que atravessa o país de ponta a ponta, viveu-se este ano em tons de outono, de 1 a 4 de outubro, numa edição atípica mas igualmente memorável.

André Sousa parte para dar a volta ao mundo a 12 de julho

Dezenas de motociclistas acompanharam André Sousa (Ride That Monkey), numa partida simbólica em Barcelos, para a volta ao mundo numa mini-mota que o jovem vai iniciar no próximo domingo, em Avis.

desenvolvido por aznegocios.pt