motogalos@motogalos.pt

Quando andar de moto na dureza do monte é paixão e diversão

A Moto Galos organizou no sábado, 21 de outubro, o seu 17º Raid TT, pelos trilhos dos montes a sul do concelho para motos de duas e quatro rodas.

O passeio proporcionou a quatrocentos aficionados da modalidade 90 quilómetros de muita emoção, aventura e diversão, num dia outonal, ameno, depois de alguns dias de chuva – tal como se deseja neste tipo de iniciativa. Os amantes do todo-o-terreno deleitam-se com terrenos húmidos, de preferência com lama e água, em detrimento de pó, solos secos e áridos.

Os motociclistas começaram a chegar bem cedo ao Campo da Feira, local da concentração e das inscrições, a partida realizou-se pelas 10h00 na Avenida da Liberdade, após o briefing de boas-vindas, num misto de cor, alegria e entusiasmo.

Na frente, na sua Hero, o piloto barcelense Joaquim Rodrigues, recém chegado da participação no Rali de Marrocos. A longa caravana desfilou alguns quilómetros pelo centro da cidade, seguiu estrada fora por Barcelinhos, atravessando a Ponte Medieval, até depois entrar já em Gamil no monte, para dar azo aos prazeres da adrenalina e ao gosto de conduzir na dureza e na superação de obstáculos.

Com ritmos diferentes, uns mais experientes do que outros nestas andanças, o desafio cumpriu-se para quase todos e, após quase 70 quilómetros rodados, o almoço decorreu no aprazível parque de merendas de Areias São Vicente, junto à Barragem da Penide. O lanche da tarde foi servido no final do percurso, novamente no Campo da Feira.

À noite, o já famoso jantar convívio de rodízio no restaurante Tourão, em Arcozelo, reuniu cerca de 150 pessoas, entre participantes e elementos da equipa de trabalho.

Promover a modalidade e o convívio
O Raid da Moto Galos continua a ser uma referência entre os congéneres e os participantes chegaram mais uma vez aos magotes, a nível individual ou em equipas já devidamente organizadas, de vários concelhos de norte de Portugal e um número crescente de praticantes procedente da vizinha Galiza.

“É cada vez mais significativa a presença de espanhóis neste nosso passeio, o que significa que os que vêm gostam e voltam, trazendo mais amigos no ano seguinte”, notou Pedro Sousa, presidente da Moto Galos.

Ainda que não tenha chegado ao número recorde de 2016 (450 inscritos), o balanço é “na mesma muito positivo”, tendo sido “um dia muito bem passado, com condições ideais para a prática da modalidade”, em que a opção de realizar o almoço cumpridos já mais de dois terços do percurso, no parque de merendas da Barragem da Penide, disponibilizado pela Junta de Freguesia de Areias de São Vicente, não foi ocasional e funcionou na perfeição.

“É um espaço com condições paisagísticas naturais excelentes e a ideia da organização foi proporcionar aos participantes a dureza do monte, mas também promover o convívio e a proximidade, uma vez que nem todos têm o mesmo andamento e experiência”.

De resto, para o presidente do clube importa salientar “a enorme logística e preparação legal que um evento desta envergadura encarrega” e a agradecer também ao mecânico de serviço “que prestou a assistência devida quando necessária”, aos Bombeiros de Barcelos “que felizmente não tiveram grande serviço” e à Quinta dos Eidos, por onde o percurso passou e cujos proprietários estiveram durante o almoço a fazer promoção aos seus vinhos.

Evento adiado uma semana
Inicialmente marcado para o dia 14 de outubro, o evento foi adiado para esta semana devido ao tempo quente que ainda se fazia sentir na altura, “justificando prudência e bom senso”, uma vez que o percurso se desenrolava na sua maioria em área florestal e o risco de incêndio ainda era elevado (nível laranja, o segundo mais grave), como aliás, infelizmente, se veio a comprovar em várias zonas do país.

Dadas as condições atmosféricas excecionais para a época, que têm vindo a justificar a adoção de medidas extraordinárias, juntamente com o Comandante Operacional Municipal, Licínio Santos, o clube considerou de todo “prudente a não realização da iniciativa na data prevista e o adiamento de uma semana, para evitar e acautelar riscos imprevisíveis de incêndio”, como explicou o responsável da Moto Galos.

Partida do 17º Raid Todo-o-Terreno Moto Galos na Avenida da Liberdade, em Barcelos

Publicado em 2017-10-24

Notícias relacionadas

Joaquim Rodrigues melhor português no Dakar 2021

Chegou ao fim a edição 2021 do Rali Dakar. Joaquim Rodrigues foi o melhor português nas motas, ficou em 11º lugar. Pedro Sousa fala em “espírito de verdadeiro vencedor”.

Sede encerrada, reabre a 17 de fevereiro

Informamos que a sede social da Moto Galos, na Central de Camionagem de Barcelos, estará encerrada durante as próximas semanas.

Assembleia Geral adiada para 19 de fevereiro

Na sequência do novo confinamento geral decretado pelo Governo para o próximo mês, face ao agravamento da crise sanitária pela pandemia da Covid-19, a Assembleia Geral Ordinária da Moto Galos foi adiada para o dia 19 de fevereiro.

Jovem moçambicana apoiada pela Moto Galos já frequenta a 9ª classe

Yassimini Faria A., a jovem moçambicana que a Moto Galos começou a apoiar em 2015, no âmbito do projeto de apadrinhamento da SOPRO, está bem e sente-se agradecida pela oportunidade.

Votos de Boas Festas

A Associação Clube Moto Galos de Barcelos deseja a todos Feliz Natal e Próspero Ano Novo.

Covid-19 impossibilita 13º Moto Desfile de Pais Natais

Pela primeira vez desde 2008, ano da primeira realização, o tradicional Moto Desfile de Pais Natais da Moto Galos não animará as ruas de Barcelos, por força das circunstâncias da pandemia da Covid-19.

desenvolvido por aznegocios.pt